16/02/2016

Entrevista


Entrevista com Bárbara Nogueira, a Babi!

Por Paula Conc

[Imagem: Arquivo pessoal de Babi Nogueira]

   Quando conheci a Babi foi através do grupo de skate do Vaka Loka no Whatsapp. Um dia numa dessas de marcar session no final de semana, a Babi veio ao meu encontro para irmos até um campeonato [que acabou adiado por causa de uma tempestade de verão]. Isso não quer dizer que o final de semana tenha acabado, pois skatista sempre se diverte, e no dia seguinte já estávamos no campeonato do Valão, realizado pelo Pedro Orelha. De lá para cá, só pude constatar que a menina gosta realmente de skate e tem muita coisa para contar. Por isso, nasceu a entrevista, que você confere agora.

VLS: Quando foi seu primeiro contato com o skate?
Babi: Foi quando eu era pequena e ganhei um. Porém, minha mãe jogou fora alegando ser coisa de menino. Só depois em 2009 que tive outro contato. Foi através de um ex namorado, e então resolvi montar o meu skate e estou aí, entre idas e vindas.

VLS: Você já se machucou muito feio alguma vez?
Babi: Sim. Torci o pé duas vezes, e agora estou indo para a terceira operação no joelho também.

VLS: Nossa! Guerreira, hein! E apesar dessas lesões, qual a manobra que você mais curte mandar?
Babi: Halfcab de front

VLS: E qual você está se esforçando para acertar?
Babi: Hardflip

VLS: O Rio ganhou algumas pistas e picos de uns tempos para cá. Quais são seus locais preferidos para fazer uma session, ou um pico legal para uma manobra?
Babi: Gosto muito de andar em rua. Sou da época da XV [Praça xv] e Monumento. Quase não haviam pistas e as que existiam eram níveis hard! [risos] Mas gosto muito de andar no Bicão, minha segunda casa. Posso andar em qualquer pista, mas no Bicão me sinto em casa.

[ Arquivo pessoal]

VLS: Sempre temos um lugar que gostamos mais. E com os amigos então...melhor ainda. Às vezes a session flui tanto que dá até merda. Já se meteu em alguma enrascada durante um rolé?
Babi: Sim... Fui bater um ollie de back na empolgação e torci o meu pé pela segunda vez. Foi lá no Bicão.

VLS: Agora vamos para a polêmica!!! [João Kleber modo on ]
         Em 2014 você fez um ensaio fotográfico [ by Rodrigo Porogo] que deu o que falar. Era um tal de "Já viu aquela mina do skate que posou sensual?" pra lá, a mina do skate pra cá. Como você recebeu as críticas boas e ruins?
Babi: Se eu te falar que as críticas ruins não chegaram a mim.... [risos]. Só as boas , então vou falar das boas... Muita gente que me esculachava de feia e tal, quando viram o ensaio até não pareciam mais as mesmas pessoas que me zoavam. E de lá para cá, muitos que me julgavam ficam babando ovo, elogiando. Aquele ensaio me ajudou até a enxergar uma beleza que eu escondia, e me vez enxergar também que posso melhorar a cada dia. Através do ensaio surgiram trabalhos novos, e reconhecimento .

VLS: Você é bem estilosa, posta muitas fotos na rede social. Você é praticamente uma It Girl do skate [risos!]. Você acha que essa sua ligação com a moda veio através do ensaio, ou ela já existia e apenas aflorou a partir daquele momento?
Babi: Cresceu a partir daquele momento, com muita gente dizendo que eu deveria investir naquilo, pois tinha talento. E também com a marca DNG, fazendo ensaios, ganhei mais  convicção de que era isso mesmo que eu queria, além do skate.

[Arquivo pessoal]

VLS: Hoje você é uma mulher inserida na moda. Pretende continuar investindo nisso ou tem outros planos?
Babi: Pretendo continuar sim, porém também tenho outros planos. Quero começar minha faculdade de administração e viajar para Portugal, conhecer minhas origens.

VLS: Como você enxerga o cenário do skate feminino aqui no Rio hoje? Skatista para skatista, e organizações para skatista.
Babi: Infelizmente o skate não é skate como antes, onde nego se importava menos com as coisas materiais, indústria e focava mais no rolé, na alegria compartilhada com os amigos. Skate virou comércio de não skatista, onde pessoas que não tem a essência lucram mais que aqueles que têm seu corre e trabalha mesmo de skatista para skatista. Vejo também que tem muita panelinha. Se a mina é bonita, ela é divulgada mais que aquela mina que tem um rolezão. A mídia é muito grande, e a briga por espaço fez com que muitos perdessem a verdadeira essência, o real motivo que começaram a andar.

[Arquivo pessoal]

VLS: O que você curte ouvir durante a session?
Babi: Racionais Mc

VLS: E para finalizar, um espaço para você agradecer quem quiser e mandar um f#%$-se  para quem quiser.
Babi: Agradeço a Deus por me manter sempre no skate apesar da saúde...Agradecer a quem me deu muito apoio e não se encontra mais aqui, como meu avô e meu amigo Bruno [Escova]. Agradeço também a Bia Cristina que sempre esteve presente nos conselhos. Ao meu pai e minha irmã Victória Lima. E um f#$%-se para aqueles que querem ver alguém mal, e que na verdade estão cavando a própria sepultura.

VLS: Uooww!! Obrigada Babi, e boa sorte na sua jornada!
Babi: Obrigada a você, e boa sorte em dobro!


Instagram da Babi! @babingueiiiraa










10/12/2013

Bowlrider Girls

As meninas do Bowlrider apareceram no programa Zona de Impacto, você viu? Então acesse o link da página delas no faceboooooooooook e confira.


Um beijo e hasta la vista, hermanas!!

28/11/2013

Ladeirando no Gericinó

Um pico muito legal para quem gosta de velocidade mais manobras de slide. Ah, e nem vem com essa que só street é skate de verdade. Sai pra lá , jaburú! Geral tá junto nisso. Mas voltando, o Gericinó se tornou nos últimos tempos , depois que asfaltaram algumas partes , um local perfeito para a galera do long, pois tem drops de todos os níveis, sem contar que o local é maneiríssimo, numa região de proteção ambienta. Ou seja, muito verde, muita gente curtindo. Só tem que preservar o local! Preservando a região todo mundo ganha, nós e a  dona mãe natureza. ;)


Depois eu posto mais fotos aqui. Tô cheia de preguiça agora...

Muuuuuuuhhh!!!!

E aí galera!!
Quanto tempo, não é?! Pois estamos aqui de volta. Não foi agora que a vaca foi pro brejo [sempre quis usar esse ditado]. Ficamos paradas um pouco, por preguiça e por desestímulo mesmo, mas já estamos de volta com a programação normal, o que não significa muita coisa. Desta vez não iremos prometer nada, nem iremos imaginar mil coisas legais para fazermos. Vamos só marcar presença e deixar a vaca pastar, no bom sentido, é claro.
O layout está todo branco de novo, numa tentativa de resgatar o espírito inicial do Vaka lá dos tempos de blog da uol [aqueles zips da vida]. Não queremos nenhum tipo de sessão nostalgia, apenas voltar às origens, e entender que o Vaka Loka é um bagulho louco e que ficou muito mulherzinha nos últimos tempos. u.u Hahahaa! Resgatar o texto escrito sem pensar muito, sem "politicamente corretos" e dando uma cagada para o português formal. Tá na hora de lembrar do boi bandido, o grande Catra da vacaria loucagem. Hahahaa! Que viagem!! Vou parar por aqui.

E já que o lance é resgatar, vamos de "Yes vaka, No coelhos!"


13/06/2013


23/04/2013

Madureiraaaaaaaa lá laiáá

Daewon Song [foto by Gabriela Saes- SKATENAWEB: http://www.facebook.com/Skatenaweb]

   Pois bem, fui lá pra pista de Madureira ver a gringalhada dar rolé. Não poderia perder essa, certo?! Certo! Cheguei lá no sapatinho, e tinha MUITA gente. A pista parecia um formigueiro, sem contar a galera que estava em volta. Parei debaixo de uma árvore, bem de frente pra pista. Uma visão boa! E sem multidão do lado. E tô lá, observando TUDO e TODOS [hahaha, ficou macabra essa!].
   Cara, vou dizer uma coisa: Criançada às vezes é chata pra carambola. A gringalhada querendo mandar lá as manobras e os moleques puxando pelo braço, interrompendo o rolé do cara só pra tirar foto e pedir autógrafo. O bom é que isso não ocorreu na hora da apresentação, pois seria muito chato. Mas a produção lá foi esperta e pediu pra galera sair da pista um pouco pros caras andarem. Então fica o recado pra criançada: Deixa de encher o saco das pessoas enquanto elas estiverem no meio do roléééé!!!! Suas pestes!!! kkkkkkkkkk!!!!
   Outra coisa engraçada foi o pessoal que não entende muito sobre o universo do skate e que parou pra assistir. Um casal de coroas [muito fofos por sinal *-*] parou do meu lado e comecei a prestar atenção nos comentários: "-Olha fulano, o garotinho andando de skate. Que gracinha!" "É verdade. E olha só eles tudo com equipamento. Bem organizado o pessoal do skate.". Nem preciso dizer que fiquei toda orgulhosa, né?!
   Depois do casal apareceram duas meninas [duas cocotas, nha] e começaram a falar dos rapazes do skate:"Ai, tô louca pra andar de skate." "Ah, só por causa dos meninos, né?" "Eles são umas gracinhas." E quando eu achava que a conversa delas não poderia piorar, piorou. Foi quando o Song entrou na pista pra fazer uma exibição, e elas continuaram: "Olha, esse aí deve ser o bom." "Muito lindo, bem que eu pegava. Quero um namorado assim." E aí elas começaram a soltar risadinhas chatas. NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!! Parem, por favor. Olhem paras as manobras do cara, please!!!! Reparem no blunt que o cara tá mandando ali com tanta simplicidade que parece até que tá mandando ollie, tá vendo!?
   Tirando esse papo dos bastidores [uhauaha], a equipe da DVS mandou muito bem, com 50-50 subindo o corrimão, blunts cascudos e melhorados, além de um baita ollie extenso e a tentativa de varar de flip o mesmo obstáculo. Haja perna! Essa e muitas outras coisas que eu não consegui guardar de cabeça e outras que eu não sei o nome [Podem me bater. Eu mereço!].
Quando saí de lá os caras ainda estavam se apresentando... Quem tiver mais histórias pra contar , manda aí.

[PG]

Tranquilo como grilo



   Ontem resolvi dar um rolezinho de skate, aproveitar o feriadão. Eu fui sozinha mesmo, peguei meu skate, uma câmera [caso eu precisasse registrar algo], e um casaco, pois tava friozinho de doer o osso. Chegando no local apareceu um menino de skate e logo pensei:"-Opa, já não estarei mais sozinha." Depois apareceu uma galera! Aí fica bem melhor. Mesmo assim, deixei eles lá pegando o corrimão e fui treinar meus solos, porque [tenho que confessar] estou uma merda. Perdi a base de um monte de coisinha legal que eu tinha aprendido, sem contar que tô muito mongo andando. Mas até que no final já tava melhorzinha. Aproveitei pra catar alguns obstáculos de lá mesmo, já vi o tamanho e aqueles que posso me arriscar. Voltei pra casa com a melhor sensação do mundo, a de que ainda tenho vontade de dar rolé na mais pura vibe. E voltarei lá pra começar [novamente] minha linha, e pegar minhas bases de volta. \o/

Ai ai ai ui ui!


Hoje tem esses caras aí em Madureiraaaaa [lá laiáaaaá]. "Esses caras"...Rs.....




21/04/2013

Rolé da Letícia, Jéssica e Lacey no X-games


Tá triste porque perdeu  o rolé que consagrou Letícia Bufoni a campeã do X-games? Fica triste não... Pega o link aí e assiste! =]

http://espn.go.com/video/clip?id=espn:9196333

ouuuuuuuuuu

http://xgames.espn.go.com/pt-BR/skateboarding/article/9196249/let%C3%ADcia-bufoni-vence-seu-primeiro-ouro-no-street

Se não der certo, entra direto no site da espn, já é?



Opa!!!!!!!!!!

 


Que vergonha, né?! Mais de um mês sem postar nada aqui! Eu mereço uns tapas na fuça! Hahahaha! Não é pra tanto...Um beliscão tá de bom tamanho. Mas vamos lá! Sobre o que eu vou falar hoje? Não sei, vou deixar fluir, assim como as ondas, mesmo que aqui seja uma página sobre skate, e o lance seja surfar no asfalto.
   Tivemos nesta tarde de domingo [e pasmen, feriado] a nossa mada, idolatrada e santificada skater Letícia Bufoni como campeã do X-games Brasil [Foz do Iguaçú]. Não é Nova Iguaçu..... u.u  Apesar de eu não ter visto na hora, vi os melhores momentos, annnnnnnnnd foi muito show! A Lacey ficou em segundo, e a Jéssica Florêncio levou o bronze. Durante uma entrevista, após ganhar o street, Bufoni deu o papo: "-Agora passou até a dor-de-barriga!" Sábias palavras... Uhauhauahuaha! Isso sim é ser skater durante uma entrevista! A Florêncio ficou toda boba, deu uma choradinha, e continou toda boba e feliz. E nós também! :)
   Agora eu te pergunto: Mulher, você tá esperando o que pra pegar o skate e dar um rolezinho? As meninas foram lá e representaram bonito a gente na modalidade. Então, pode parando de firulinha, de ficar de boiolagem com o cabelo, a unha, ou o sapatinho de cristal e vai dar logo a porra do rolé! Tudo bem, pode fazer uma chapinha e pintar as unhas....hahaha!

   Mudando de assunto, vocês viram o Nyjah e o Luan ontem?????? Menina..... pena que o Luan não levou. Deu até um amargo na boca, mas o Nyjah é muito bom também.  Hoje o Pedrinho Barros ganhou no Skatepark [Gonzalez, tadinho...] e fez a alegria da moçada que tava meio cabisbaixa por ontem.

   Ah, cansei de falar sobre skate, depois eu volto aqui.

   Beijos, e não me liga, nem me manda um telegrama,nem uma carta de amor, que eu não vou até lá, nao vou,(8)